a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

18 de maio de 2006

MUDAM-SE OS TEMPOS, MAS NÃO SE MUDAM CERTAS VONTADES

Image Hosted by PictureTrunk


Estado laico. É o que vem escrito na nossa constituição. Mas todos sabemos que os padres a igreja e afins (talvez mais do que nunca) são um estado dentro do próprio estado. Nestes casos ou há moralidade ou comem todos, no caso Português vão comendo alguns, o clero é um dêles. Alguém dos sucessivos governos já se deu ao trabalho de saber quanto é que os vários credos religiosos existentes no país "facturam" anualmente ?
Se uma empreza tem de apresentar o seu relatório e contas publicamente, porque não o clero?
Os donativos quer em dinheiro vivo quer em oiro é incalculavel, alguém sabe para onde vai esse dinheiro? onde é aplicado?
Porque é que as diverssas credos religiosos são tão sigiliosos com esta matéria?
Já agora, acho muito bem o governo não querer estes tipos nas suas cerimónias oficiais

3 comentários:

Miguel disse...

Jotadias,

Provavelmente porque os numeros por si proprios são envergonhosos!

Por exemplo, o Santuario de Fatima, gere cerca 20 milhões de euros por ano ...!

BOM FDS!

Bjks da Matilde

Caçadora disse...

às vezes penso que ... todas as religiões deviam ser abolidas... pensamento livre! Mas está na massa do Homem, precisar da Divindade, né? Beijão

jotadias disse...

Amigos

O que me faz passar do sério é perguntar a mim próprio o que é que estes tipos (padres, bispos, papas, freiras e afins) fazem para a tão propalada produtividade, ou seja o que é que fazem realmente que tenha utilidade.

Há excepções (como em tudo) mas devem-se contar pelos dedos de uma só mão.

Por exp. na minha juventude, aí pelos meus 17/18 anos, falo nos anos 60, havia um padre cá na terra (o Padre Chico) que nos disse que os meninos vêm da barriga das mulheres, que "aquilo" a que nós chamava-mos espo.... se chama esperma, que o car..... de chama pénis e que a co.... se chama vagina. E mais, foi esse mesmo "padre" que nos pôs a ouvir Zeca Afonso, Adriano e outros, (às escondidas) e foi ele que nos deu a letra daquela que eu considero a mais brilhante canção "Menino do bairro negro". Esse "padre" chama-se Francisco Fanhais. Por isso tudo foi obrigado a exilar-se para não ser chacinado pela pide.