a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

9 de maio de 2006

A PARTIR DE AGORA VAI SER ASSIM

Com o fecho de algumas maternidades o Governo vai enviar as parturientes para Espanha. As futuras mães de Elvas, Estremoz, Campo Maior e tudo à volta vão parir a Espanha. Está a começar a Espanholização de Portugal. As criancinhas quando forem "grandes" será que falam a lígua de Camões ou um qualquer Castelhano raiano. A sua naturalidade será nuesta-hermana ou Portuga. Cá na minha vai ser uma confusão do caraças. Bem, já que é por lá que as Portuguesas indinheiradas vão fazer os desmanchos (as outras continuam a fazê-los no vão de escada) a coisa fica tudo em família.

Com o dinheiro que isso nos vai custar, não seria melhor (se é que é o caso) apetrechar as nossas maternidades?

Entretanto para comprar novos "chaimites" para a tropa (vamos guerrear com quem, só se for para fazer rusgas na Cova da Moura), fala-se em 400 milhões de €uros, o dinheiro aparece.


5 comentários:

Chupa-Cabras disse...

Vai começar a espanholização?! Já começou e há muito tempo, com as empresas e os produtos a invadirem o nosso mercado. Andaram os meus antepassados, os meus tetravós e qualquer-coisa avós a bater nos espanhóis para conseguirmos conquistar e manter este pedacinho de terra à beira-mar plantado e agora vem este mentecapto do Ministro da Saúde, obrigar os nossos filhos a tornarem-se espanhóis à força! Isto é a maior aberração do milénio, meus senhores, do MILÉNIO! O governo dum país independente e soberano a incentivar a natalidade num país estrangeiro. Isto é mais um caso para o Guiness! E de certeza que este recorde nunca na vida irá ser ultrapassado por ninguém...

jotadias disse...

Como eu digo: INCOMPETÊNCIA

Já agora, será que não há ninguém a receber umas luvazitas pela porta do cavalo (sem ofensa para o cavalo)

Se houver algum problema de ordem legal com uma parturiente ou um recém nascido (por ex. morte de um ou dos dois) os tribunais Portugueses têm poder para julgar, ou será em tribunais Espanhóis? e depois quem acata com as despesas ou indeminizações?

Estes gajos tem umas cabeças pensantes que só lhes faltam os cornos...........

Mariazinha disse...

Gostava que alguem me explicasse:
Não há dinheiro para manter a maternidade de Elvas aberta! E já há para pagar aos Espanhois pelos partos feitos na maternidade de Badajoz?
Continuamos a ter uns grandes governantes!Cabecinhas pensadoras O povo é sereno...

jotadias disse...

A vingança é terrível. Lembram-se quando ía-mos a Espanha comprar caramelos?

E a troco de umas migalhas (aquilo por lá era só fomeca) havia mães a prostituirem-se e a entregarem os filhos? lembram-se?

Agora é o contrário, mas com mais classe, os "panhóis" estão a dar-nos a volta e nós a vermos.

Vão ferroando

chupa-cabras disse...

Essa é que é essa! E agora os caramelos deles são os nossos filhos.