a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

20 de julho de 2006

ILHA DA MADEIRA, QUE MAIS TE IRÁ ACONTECER

Image Hosted by PictureTrunk

Na ilha deste Sr. já de tudo se espera. Agora os jornalistas não podem exercer a sua actividade profissional na Assembleia Regional se forem vestidos de t'shirt, ténis ou calça de ganga. O fatinho é a partir de agora idumentária obrigatória. O Sr. Miguel Mendonça, Presidente da dita Assembleia elaborou um regulamento que quanto a mim viola os mais elementares direitos constitucionais. O Sr. Jardim das bananas apoiou tal ideia e já fez saber que a partir de agora o pessoal vai, tal como ele, andar em polota, os preços dos fatos estão pela hora da morte.
Ou será que o tal Miguel Mendonça tem alguma alfaiataria e como o negócio vai mal lembrou-se desta......

10 comentários:

CORCUNDA disse...

Enquanto lhe derem o voto, o homenzinho vai fazendo o que quer e gozando com o povinho. E o pior é que o povinho de lá parece-me que gosta dele...

Mariazinha disse...

É a mentalidade parva das aparências. O que ele não consegue esconder é miséria em que vivem muitos madeirenses.Basta ir de autocarro até ao Caniçal e ver as condições em que as pessoas vivem.
A Madeira não é só o tal jardim anunciado nos programas turísticos.

Morra disse...

Quem também não esconde a miséria é o Alegre. Será que ele vai merecer um tópico aqui do Dias?

jotadias disse...

Para "morra"

Quem fez estas leis?
Quem as aprovou?

Eu não fui, nem o Povo.

Quando as pessoas votam PS, um partido que deveria ser de esquerda, não é para serem enganadas e atraiçoadas. Nesta lei que falas e noutras quejandras o Povo que votou PS foi atraiçoado.

Claro que para alguns, enquanto se mantiver este panorama as coisas andam bem.

Até um dia.

Morra disse...

Totalmente de acordo caro Dias.

O país, infelizmente, está bom para os políticos que passam pelo poleiro. E dou como exemplo aquele senhor do PSD que passou pela CGD uns meses e ficou com uma reforma que eu nem aos 150 anos vou conseguir. E mais: Banco de Portugal - quem passa pela direcção são sempre boys. EDP, CTT, etc. Ou seja: as nossas empresas públicas são autênticos poleiros.

Continue, amigo Dias. Um dia havemos de ganhar (nem direita, nem esquerda, mas sim justeza para todos).

daalgempaKu disse...

Lindo..Lindo..Lindo este post!há!!há!!!
Equipa Daalgempaku...

jotadias disse...

Está mais que visto, estas políticas e este sistema não servem, estão minados por interesses obscuros e de clientelas político-partidárias. Salvo raríssimas excepções, casos de alguns Países nórdicos onde a honra a honestidade não são palavras vãs. Por cá é o que se vê, até na apreciação do conflito Israel-Libanês mais uma vez não temos uma posição definida, (nem somos carne nem peixe) vamos ao sabor das ondas (americanas) já se vê, até nisto somos uns zeros, temos uns políticos (a começar pelo Cavaco) deveria ser ele a dar o exemplo que de tão subservientes que querem ser, até se tornam ridículos.

São estes os políticos que temos, uns imbecis.

Vão ferroando

BFS

CORCUNDA disse...

Mas o povinho continua a insistir... neles.

Sofia disse...

Olá,
Essa é a minha primeira visita ao seu blog. Excelente !!!!
Acompanhei pela internet a polêmica sobre esse regulamento e penso que se resume em uma palavra: ridículo (peço desculpas se uso uma palavra forte demais).
Como disse a Mariazinha, é a mentalidade das aparências ... e infelizmente há quem goste !!!
Abraços,

Savonarola disse...

Quando é que acaba este caciquismo? Não é pelas roupas que se mudam as ideias. Aliás, esta nunca foi a preocupação do Alberto; ele gosta mais das ideias feitas. Um abraço