a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

14 de março de 2007

BENTO XVI, O RETRÓGADO


Este Papa parece que não vive no tempo actual. É de um conservadorismo atróz, retrógado e deveras perigoso, não admira cada vez haver menos vocações, ou seja, menos gente para dar a missa e para assistir à mesma. Agora vem dizer que a homilia deve ser falada em Latim, ou seja, ninguém vai perceber patavina. Para além de querer retirar as músicas, os aplausos ou os abraços que os fiéis dão. Um atrazo este Papa.

4 comentários:

Anónimo disse...

Ai que saudades de João Paulo II...

Antonio Delgado disse...

Caro Amigo editor de Ferroadas,

Pode ter a certeza que não ouvirei nenhuma missa em Latim por mais vermelho que o cavalheiro da foto se vista...
Gostei das ferroadas e voltarei a visitá-lo
Cordialmente
António Delgado

Savonarola disse...

É efectivamente retrógrado, como aliás tive ocasião de dizer nesta notícia que publiquei no Contracorrente. Com estas novas doutrinas, a Igreja Católica transforma-se numa nova candidata ao fanatismo religioso, que tanto tem assolado este início de milénio.
Um abraço

João Rato disse...

Papa mesmo, só o primeiro, Pedro, dizem que morreu crucificado de cabeça para baixo! O cristianismo seria outro se os cristos que povoam os altares estivessem de cabeça para baixo. Revoltem o corpo se querem revolucionários para a causa! Tornar-me-ei um fiel devoto no dia em que as cruzes aparecerem invertidas, gaita, já lá vão 2000 anos e só temos bento de roma, benha bento de outro lado para birar as coisas!