a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

28 de março de 2007

RUI CARTAXO O ESPERTO

Bild gehostet von uploadyourfiles.de
O Sr. Rui Cartaxo, em cima na imagem (desfoquei a cara do dito para não ser reconhecido por algum sem-abrigo, pensionista, reformado pobre, desempregado, etc.), pois nunca se sabe o que poderia acontecer, é um tipo de sorte. Foi "despedido" da Galp à meia dúzia de dias, e em troca dos seus altos "serviços" prestados à dita empresa deram-lhe uma indemnizaçãozita de 500 MIL EUROS (100 MIL CONTOS). Agora o mesmo "patrão" que o mandou às malvas (o estado) vai recicla-lo para outro tacho na REN-Redes Energéticas Nacionais. Para provavelmente daqui por uns meses lhe darem mais uns trocos quando o enviarem para o desemprego. Quem disse que em Portugal não há boas vidas?

3 comentários:

S de Saraiva disse...

Se o encontrasse na rua pedia-lhe esmola. Bom post e bom blog.

CORCUNDA disse...

É esse exactamente o problema. Para existirem boas vidas como estas, em que se incluem uma grande carrada de políticos (que só o são de nome)existe no polo oposto uma quantidade muito maior de desgraçados, desempregados, miseráveis, pensionistas esfomeados, agricultores sem nada para produzirem, etc, etc, etc.
Mas como eu costumo dizer, quem manda é o povinho, e este até ao momento parece que se vai dando muito bem com a tal alternância democrática...
Abraço.

Miguel disse...

Esperto é o tipo, nós é que somos parvos.