a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

16 de julho de 2007

É SÓ TANGA


O partido do governo mobilizou gente e PAGOU autocarros vindos de quase todo o país, para os simpatizantes “comemorarem” a vitória de A. Costa. Foi notório e evidente a quantidade de “militantes” que se “descaíram” a dizer de onde tinham vindo. Uma senhora até afirmou ao repórter da SIC que “não sabia o que estava ali a fazer, meteram-me num autocarro e eu vim passear a Lisboa”

NÃO DÁ PARA RIR, DÁ PARA REFLECTIR



Estariam com receio de Lisboa não ter pessoal que chegasse?

Ou os tipos que votaram A. Costa (predominantemente de direita, eles lá saberão porquê) estão-se borrifando para festas?

De um candidato que escolheu para mandatário um PSD da ala mais conservadora (Júdice), que recebeu o apoio de uma CDS (Maria Pinto) que tem mais convicções de direita que o Portas, não se pode esperar políticas de esquerda para resolver os problemas concretos de Lisboa. Vai resolver sim os problemas dos grandes especuladores imobiliários. Os apoios pagam-se com juros.

NOTA
Fiquei (penso que todos ficamos) satisfeito/s com o facto do partido nazi ter menos votos que nas legislativas de 2005. É um bom sintoma.
2005 – 2.823 votos
2007 – 1.501 votos

6 comentários:

Álvaro disse...

Política portuguesa no seu melhor.

Salazar nos seus comícios não fazia melhor.

Miguel disse...

62% de lisboetas disseram a esses tipos que preferem a praia do que a eles.
não deve vir longe o dia em que só vão votar os gajos, à boa maneira salazarenta

Miguel disse...

A menos será uma camara mais esquerda ...!

Será mesmo ...!?

Uma boa semana!
Um abraço da M&M & Cª!

PS: Ainda votam nesse PND ...!?

pita-cega disse...

Quando era criança (há p'aí uns 450 anos), a primeira vez que vim a Lisboa foi para vir assistir a um discurso do Salazar. Acho que foi num regresso do Américo Tomás do estrangeiro e foi o Regedor da freguesia (parente afastado do meu velho) que nos arranjou lugar no autocarro. Gostei muito de ver a Fonte Luminosa e de comer numa taberna. Naquela época só se comia em casa e era quando havia… Quem havia de dizer (para além do António Mourão) que o tempo ainda ia voltar p'ra trás…
Também gostei de ver a extrema-direita "ir à vida". A começar pelos neonazis e a acabar no CDS (o que vem a dar no mesmo…).

Savonarola disse...

Estas eleições autárquicas foram de uma originalidade estonteante. A abstenção foi enorme, dando uma bofetada clara nos partidos e dizendo-lhes que o povo não está a dormir. Concordo inteiramente que o António Costa é o presidente da direita e que tudo fará para servir os seus interesses. Mais dois anos de falcatruas e corrupção. Brilhante!
Um abraço anarquista

A. João Soares disse...

Caro J. Dias
Bem visto este fenómeno. Se tiver curiosidade, de visitar o Do Miradouro, encontrará lá alguns posts sobre as eleições e quanto aos palonços que vieram do interior visitar Lisboa, sugiro o post De quem foi o funeral?.
Abraço