a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

21 de janeiro de 2008

O REGABOFE CONTINUA (PARTE IV)

Image and video hosting by TinyPic
Mais uma (das muitas) sacanices que estes tipos andam a fazer com o nosso dinheiro.

Enquanto se fecham urgências hospitalares, maternidades e outros serviços do povo, para o povo, estes pulhas vão gastando à tripa-forra o que serviria para estas e outras coisas.

O governo pela mão do ministério das obras públicas do sr. Lino, criou um instituto (mais um) com uns quantos tachos, tachistas e afins, que ninguém sabe muito bem para que serve, dizia eu, criou o “instituto de infra-estruturas rodoviárias” (INIR), que passará a ser presidido por um tal Alberto Moreno.

A Estradas de Portugal (EP), organismo a que o INIR está adstrito, propôs que para o arranque lhe solicitava viaturas que não necessitava e algum apoio logístico. Puro engano, o Sr. Alberto Moreno não aceitou tal, e vai daí, comprou carrinhos novos para todos, mobiliário, etc., a massinha, claro, saiu dos nossos bolsos, e depois em nome do rigor orçamental e do despesismo, vão-se encerrando mais umas urgências, escolas, etc..

Não têm vergonha nenhuma.

O que diz o Sócrates a isto?

E o Teixeira dos Santos?

A porra do cinto é só para o povo.

2 comentários:

Marreta disse...

E concerteza que os carrinhos novos não foram Fiat Punto, Opel Corsa ou outros do tipo.
O regabofe continua e o povinho vai contando os cêntimos de aumento que lhes dão para matar a fome. Os reformados continuam a arrastar-se pelos bancos do jardim à espera do dia D, os jovens continuam a engrossar as listas do desemprego ou então são chutados de um lado para o outro em trabalhos precários a que nem se pode chamar emprego. O povinho continua a levantar-se de madrugada para tentar obter uma consulta num qualquer centro de saúde que ainda exista e...afinal, tudo na mesma.
Saudações do Marreta.

Pata Negra disse...

Isto é só para INIRvar a malta que é pra malta deixar de votar! Estou INIRvado que só me apetece repetir:
e não há ninguém que parta os cornos a estes cabrões?
Um abraço da rodovia