a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

15 de fevereiro de 2008

PORTUGAL, EXPORTADOR DE MÃO DE OBRA BARATA


Para fugir à fome e à miséria a que os sucessivos governos tem posto o país e o seu povo, milhares de portugueses voltaram a emigrar tal como os seus avós nos anos 60 do século passado.

Mesmo assim, o desemprego por cá continua a aumentar, atingindo a maior taxa desde o 25 de Abril de 1974, 8%!!!!!

Se em Espanha já labutam cerca de 80 mil compatriotas nossos na construção civil e cerca de 20 mil noutras áreas, não esquecendo os “escravos” da apanha do tomate lá mais para o verão. Agora, e ao contrário dos idos anos 60, os portugueses vão até paragens mais frias como Noruega, Filândia, Suíça ou Suécia, também a Republica Checa é destino “aconselhado”. Actualmente cifra-se em cerca de 20 mil os portugueses que nos últimos quatro anos rumaram aquelas paragens nórdicas. E não foram em férias.

Que raio de tipos temos nós a comandar os nossos destinos?

Será que estes gajos só vêm números, défices e porras semelhantes?

E as pessoas?


Não sentem um enorme peso na consciência (será que tem consciência??) em ver compatriotas abandonar a sua terra por razões económicas? Pela fome? Pela miséria a que os sr.’s os votaram?

Portugal, ano 2008, ainda temos portugueses a viver em barracas, sem luz eléctrica ou água canalizada, ainda temos crianças a terem de se levantar às SEIS da manhã para ir à escola, ainda temos portugueses sem médico de família, ainda temos portugueses com pensões de 180,00 €uros por mês, etc., etc..

Entretanto construíram-se estádio de futebol para estarem às moscas, Alqueva para condomínios de luxo de ricalhaços, CCB para uns quantos intelectuais mostrarem umas tretas a eles mesmos, querem TGV’s e novos aeroportos, para quê? Para humilhar o povo ainda mais?

Porque não se investiu e investe esse dinheiro em novos hospitais, escolas, centros de dia para a terceira idade, infantários para as crianças, sector produtivo, agricultura e pescas, micro empresas, pequeno comércio, etc., etc..

A paciência do povo tem limites.

9 comentários:

Marreta disse...

Acho piada é à operação de cosmética que querem fazer para dar a parecer ao estrangeiro que somos um país evoluído e moderno.
O simplex e aquela de alargar a marcação de consultas através da internet ao país todo, dá-me uma vontade de rir!
Parece que estou a ver os 50 habitantes da terra do meu velhote (30 ou 40% nem ler sabe) comprarem um computador, tirarem um curso e começarem a marcar as consultas pela net.
Deixa-me rir! A terra ainda nem sequer tem água canalizada e esgotos! No século XXI, na Europa! Ahh, ahhh, ahhh!!!
Saudações do Marreta.

Pata Negra disse...

Vão cumprir os desígnios da corja do PS (digo PS e não Sócrates porque é a altura dos militantes se assumirem - é mais fácil implodirem do que explodirem!), baixar os números do desemprego e da miséria. Até este cruel destino serve serve os seus números. Tudo pelos números! Nada contra os números!
Um abraço com a canção: Galiza ficas sem homens...

Ferroadas disse...

Portugal é como aquele tipo que tem pópó topo de gama, veste Armani, vai todos os dias ao cabeleleiro, trata das unhas, etc., mas não toma banho à dois anos, por isso cheira mal.

Savonarola disse...

Camarada e amigo,
Agradeço imenso a força que me deste lá n' O Anarquista. Claro que a luta continua!
Pegando no teu post, e para dar um exemplo bem próximo de mim, o meu irmão teve de ir trabalhar para a Holanda, para os estaleiros, porque não arranjava emprego cá. E tinha sido proprietário de um destes bares da moda lisboeta, hã?
Que rico, riquíssimo, país que este Sócrates da Mentira tem destruído!
Um abraço solidário

Nuno Góis disse...

E não toma banho porque vive numa barraca sem água canalizada... É triste, mas é um noso retrato.

Mariazinha disse...

Olá Jota!
Tenho 3 amigos que este ano tiveram de emigrar para a Holanda para poderem ter uma vida mais digna.
Estamos num pantano.
Um abraço

Watchdog disse...

A paciência tem limites para alguns! Porque para outros que preferem canalizar as suas energias a visitar inaugurações de túneis e outras merdas, digo que só têm os governantes que merecem! Esses contribuem até para a miséria e pobreza de espírito! O povo não está unido, se o estivesse, os corruptos (que minam os alicerces democráticos) há muito que estavam sossegadinhos, a ver o sol aos quadradinhos. Este Governo sabe que o povo ainda é muito ignorante e que é um povo medroso, para não dizer, merdoso!
Desculpa o desabafo, mas estou farto de assistir impávido a tantas injustiças! Isto já lá não vai com palavras. Está mais que na hora de sairmos à rua e defendermos aquilo que é nosso, não podemos deixar que este país continue a saque!

1 Abraço!

A. João Soares disse...

Esta visita serve apenas para informar que tem uma surpresa para si em Do Miradouro.
tive muito prazer em o incluir na lista.
Abraço

Anónimo disse...

Sairam 20.000 portugueses ? Quantos estrangeiros entraram? Criticam-se os politicos mas não se chamam as coisas pelos nomes.