a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

10 de fevereiro de 2009

BOA-HORA VS PIDE VS FASCISMO

Image and video hosting by TinyPic
imagem net
.
Por estas portas passaram milhares de portugueses (este vosso amigo também) vítimas do fascismo e da mais feroz, sanguinária e desumana polícia política que há memória. Só quem passou por tal poderá contar o que foram os “tribunais” plenários do fascismo, as humilhações e as sevícias físicas praticadas à frente dos “juízes” pelos pides, o saber que a “defesa” oficiosa não surtia nenhum efeito, pois quem ali entrasse ia de certeza para a masmorra, o saber que a PIDE iria não mais dar tréguas as nossas famílias.

A câmara de Lisboa com o aval do estado (leia-se governo) vai transformar o Tribunal da Boa-Hora num Hotel de Charme.

Tenham ao menos respeito por todos os Homens e Mulheres que ao serem condenados pela ditadura, sofrendo na carne a repressão, lhes proporcionaram a liberdade para cometer tal crime.

Sim, é de um crime que se trata, um crime à nossa memória colectiva, um crime à memória de todos os que por lá passaram.

Amigos e camaradas, levantemo-nos contra mais este atentado, vamos ocupar o tribunal quando este de lá sair.

Depois da sede da PIDE ser transformada em condomínio de luxo, o forte de Peniche já se fala, irá ser hotel de vinte estrelas, já agora comprem o Tarrafal e transformem-no em campo de golfe.

Nota
Porque não faz o estado (digo governo) uma estátua ao Salazar, ao Marcelo, ao Pais, ao Barbieri, ao Rosa Casaco, etc., e as coloca em frente à assembleia nacional (digo Assembleia da República), ou talvez mais turístico ainda no lugar do D.José….
.
lista de alguns portugueses assassinados pela PIDE AQUI
.

5 comentários:

José Espremido Até Ao Tutano disse...

Cada vez mais vamos assistindo ao branquear do que foram os 48 anos de ditadura no nosso País, começando pela ausência total dessa parte da nossa história dos livros de estudo das novas gerações, as palhaçadas da pseudo-eleição da figura do século, em que ganhou Salazar e agora esta ridícula mini novela em que transformam um carniceiro que foi Salazar num playboy.
Começam agora a transformar edifícios que deviam ser Museus em Hotéis de luxo, isto é claramente o tentar apagar a história para que ela, mais cedo ou mais tarde se repita.
Se já encontramos estudantes universitários que dizem que o 25 de Abril foi o dia da Implantação da República, imaginem como será daqui a alguns anos…

Abraço

ferroadas disse...

Amigo Zé

Querendo branquear a história é o maior assassinato político deste governo. Foi a "eleição" agora é o gajo armado em engatatão do Bairro-Alto, só falta dizerem que o tipo era democrata, que os pides eram os tipos que atravessavam as velhinhas nas passadeiras, que os legionários eram uns gajos que bebiam uns copos com os trabalhadores, o Tarrafal era uma colónia de férias para revolucionários, o forte de Peniche era um hotel para contestatários, e por aí fora.
Uma vergonha nacional.

Abraço

Marreta disse...

E ainda não pensaram aproveitar a Torre de Belém para fazer um restaurante rotativo no topo ou os Jerónimos para um restaurante gourmet.
Está visto que este país (governo) não sabe valorizar o património cultural/histórico. Ainda há pouco tempo visitei o Forte de Peniche e vi a quantidade de turistas nacionais e estrangeiros que afluiam para visitar o museu. Pena o estado de conservação do forte, nomeadamente a ala dos prisioneiros. Se aparecer por lá um Hilton qualquer à procura de um espaço para criar mais um hotel, até apostava que entregavam aquilo de mão beijada.
Saudações do Marreta.

Pata Negra disse...

Tantos anos depois ainda é necessário lutar contra o fascismo, ele espreita ainda por muitas janelas desses edifícios. Este país é um grande hotel! Tudo o que luze, dá para fazer um hotel!
Devem estar à espera que, no dia em que a nova revolução vencer, o povo os vá prender em hotéis!
Um abraço santa comba

Ferroadas disse...

Marreta

É o baixar as calças ao capitalismo, que tudo compra (a preços de saldo) para transformar este país num enorme condomínio, onde os nossos filhos e netos se preparam para os servir à mesa.

Pata Negra

Só se fosse-mos parvos novamente é que os mandava-mos para a prisão, desta vez caro amigo, desta vez, será para valer.

Abraço