a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

23 de maio de 2009

RIDÍCULO

Image and video hosting by TinyPic
imagem net
.
Estes tipos por vezes mais valiam estar calados e não fazerem figuras parvas e ridículas.

O Sócrates foi até Espanha (Valência) participar num comício do PS lá do sítio. Recebido com pompa e nenhuma circunstância (pois ninguém o conhece por lá) o Sócrates pronunciou algumas palavras para justificar o almoço à borla e tentar convencer o Zapatero a fazer o mesmo em Coimbra. Até aqui nada de mal virá ao mundo, são dois tipos hipócritas e que fingem serem amigos.

Mas a razão deste post não é essa, o mesmo tem por “finalidade” por a nu a figura ridícula, tacanha, provinciana, de baixeza saloia, de lembe-botas, a roçar a imbecilidade que o Sócrates fez ao tentar falar castelhano.

Sr. Sócrates por favor na próxima esteja calado ou então fale a língua de Camões, mal por mal, antes assim.

Só estou para ver se o tal Zapatero hoje em Coimbra habla português, é o hablas, quanto muito poderá proferir o habitual “boa-tarde” e/ou “obrigado”, ou então “ó Zé, dónde están las niñas”
.
Nota
Tal como previa, o Zapatero falou em castelhano, ao menos este não fez a figura ridícula do Sócrates.
.

4 comentários:

Anónimo disse...

El Portugués es muy difícil.....

mescalero disse...

Pareceu-me ouvir de passagem o Sócrates a dizer que tinham sido contra a guerra do Iraque. Não quis acreditar.

abç

Ferroadas disse...

Nisto de tentar enganar-nos vale tudo.

Sifrónio disse...

Foi sempre a postura dos "nossos" governantes: de cu para o ar! Eu já nem oiço o que diz esta gente.

Olha amigo Ferroadas, vale tudo e sempre valerá! O outro manteve o povo na estupidez para o manipular. Estes seguem-lhe o rasto e ainda com mais meios para o conseguir.

A nossa juventude vive em completa ignorância política. Está à espera da mudança como quem espera pela chuva ou pelo tempo seco. Não mexe uma palha para mudar o que está ao seu alcance. Isto magoa-me profundamente!

Abraço.