a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

4 de setembro de 2009

WATERBOARDING

Image and video hosting by TinyPic
imagem net
Khalid Sheikh Mohammed alegado “terrorista” da Al-Qaeda foi torturado pela CIA pelo “sistema” “waterboardding” (simulação de afogamento) 183 (cento e oitenta e três) vezes.

No final das “secções” o dito “terrorista” converter-se num precioso “aliado” da CIA (digo) polícia política dos USA’s, fornecendo inúmeras “pistas” aos torturadores.

De salientar que estas práticas não são exclusivas desta tenebrosa polícia, já a inquisição a praticava, em 1945 as forças aliadas praticaram-na em soldados alemães e não só, a Gestapo, a KGB, a Stasi, a PIDE entre outras “polícias” repressivas também usaram e abusaram destes e de outros métodos.

Para além da célebre “estátua” e da tortura do sono, muito comuns em todas as ditaduras, a CIA “inventou” mais um, a que chamaram “cela fria”, o preso é colocado numa cela aquecida a 50% ou mais e, de quando em vez é molhado com jactos de água gelada.

Ao pé destes a PIDE não passava dum bando de santinhos de altar.

Meus amigos, que gente é esta, que mundo é este que permite tamanhas barbaridades.


1 comentário:

mescalero disse...

Entre a concordância e a passividade permite-se que isto aconteça.