a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

1 de dezembro de 2009

ELES COMEM TUDO


Finalmente o capitalismo, o neo-liberalismo, o tecnocratismo, o tachismo, o lembebotismo, a corrupção, venceram. Com a entrada em vigor do chamada tratado de Lisboa deixamos de ser um país independente e livre, deixamos de mandar no que é nosso, na nossa terra, o Povo passou a ser um mero número para os mandantes convertidos em chefes manipularem a seu belo prazer. Para os deputados portugueses travestisdos de democratas que em Bruxelas gozam de mordomias várias, vai o meu enorme desagrado, e desprezo, principalmente os que se apregoam inimigos do capitalismo e do liberalismo, que defendem o socialismo, como podem pactuar com tamanha injustiça. Dizem que é em Bruxelas que se pode "minar" o sistema, que se pode lutar por uma Europa do Povo, como estão enganados. As lutas contra o sistema capitalista fazem-se nas ruas, na ocupação de fábricas e empresas, junto do Povo, dos desempregados e precários, dos injustiçados e deserdados, dos famintos, aí sim, aí luta-se contra o sistema vigente e não com falácia e retórica burguesas. Continuarei a lutar contra este sistema, contra a UE, contra o capitalismo e a burguesia, contra as injustiças, estarei sempre, sempre ao lado do Povo a que pertenço. 

1 comentário:

Pata Negra disse...

Estamos tratados?! Não! Ninguém nos trata assim! Vamos tratar deles!
Vocês que estão aí perto, mudem o nome à capital! Pintem em todas as placas que dizem Lisboa: "Tratantes"
1640 abraços