a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

15 de setembro de 2011

SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE


O Serviço Nacional de Saúde (SNS) faz hoje trinta e dois anos. Com efeito, foi a 15 de Setembro de 1979 que a Lei nº 56/79 foi publicada no Diário da República.

Estava consumado uma das maiores conquistas do Povo, o direito à saúde, coisa que o salazarismo/fascismo sempre nos recusou.

Actualmente, este direito inalienável está em perigo, o actual governo, obcecado com os cortes cegos que está a efectuar, sujeitando o Povo à perca de direitos constitucionais e a atirá-lo para os braços dos privados, o SNS tende a terminar tal como o conhecemos.

Os portugueses terão assim regredido aos tenebrosos anos 40/50/60 e 70 onde só os ricos tinham direito à saúde pois só eles a podiam pagar. Os pobres eram relegados para a mendicidade das misericórdias, onde submergia a burguesia "oferecendo" os seus préstimos aos pobrezinhos.

Não tenhamos dúvidas, seguem-se tempos tenebrosos para quem mais necessita, para quem sempre trabalhou honestamente a nada tem a ver com a actual situação. 

POR UM SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE UNIVERSAL E GRATUITO

1 comentário:

Pata Negra disse...

Das duas uma, ou nós lhe tratamos da saúde ou eles nos tratam da saúde a nós! Amigo e camarada:organizemo-nos! Se eles querem o caos, temos de responder-lhes com exércitos!
Um abraço em tempo de água pé - é só subir ao monte!