a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

25 de novembro de 2011

25 DE NOVEMBRO DE 1975, O FIM DA LIBERDADE E DA INDEPENDÊNCIA

Imagem net

25 de Novembro de 1975, o fim da nossa revolução e o início desta longa noite de injustiças, opressão, fome, miséria e retrocesso.

A direita reaccionária aliada do PS/Mário Soares/CIA/militares reaccionários, puseram assim fim ao sonho dos portugueses, um sonho tornado possível em 25 de Abril. 

Ontem, dia de greve geral e manifestações em todo o país, o sistema repressivo nascido em 25 de Novembro de 1975, mostrou ao mundo a sua tenebrosa força, atacando cidadãos indefesos, na sua maioria jovens, junto à Assembleia da Republica. Dizem os "responsáveis" policiais que estavam preparados para tal, não admira, tal como os seus ancestrais fascistas a bufaria (a PIDE de hoje) funcionou, eles sabiam/sabem que os indignados são gente de coragem e determinação. 

Em frente com um novo 25 de Abril do Povo.
Pelo Poder Popular   

1 comentário:

Pata Negra disse...

se querem ver uma manifestação acabar em porrada é porem lá a polícia, eles tratam disso! vi em directo - até vi o caos -
1º - não foram os manifestantes que avançaram foi a guarda do regime.
2º - só foram violentas, para detenções, nos cantos da escadaria, lugar menos exposto às câmaras.
3º - cobardemente, prenderam e detiveram em sítios escuros
Para terminar - eu com 20 anos, a manifestar-me, uma barreira frágil fácil de abanar, um exército ostensivo junto ao edifício dos representantes do povo, ai eu, ai eu, eu iria gritar mesmo que por isso me prendessem!
Cabrões de fascistas! Não pensem que a seguir a dia 24/11 vem sempre um dia 25 de Novembro!
Um abraço - na próxima quero-nos lá para uma bejeca
(está a fazer um ano e a porta continua aberta - tenho muitas nozes)