a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

24 de julho de 2013

MAIS UMA MACHADADA


Afinal Cavaco engoliu Portas mas fez este engolir o Machete. É conhecido o desprezo que o homem dos mil-cargos (Machete) nutre pelo amanuense das fotocopiadoras e pelo ex. marido da "Doce" Fátima. O algarvio, para além de 1º ministro na sombra, impôs um amigo e que amigo, Machete, este, também tem telhados de vidro oriundos da sede da SLN/NPN, vidros que cortam e que ambos tentam limpar para debaixo do tapete do esquecimento, Machete é o personagem ideal para lavar a porcaria que ainda poderá (re) surgir. Será também o testa de ferro de Cavaco no executivo, o seu porta-voz, ao olharem para Machete os comensais vêm Cavaco. Está (re) aberto o circo de S.Bento.

Sem comentários: