a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

9 de abril de 2014

O FASCISMO CRESCE, MORTE AO FASCISMO



O partido nazi húngaro (Jobbik) obteve ontem 21% dos votos nas eleições legislativas, contra os 16% de 2010. 

Este partido, tem uma milícia inspirada nas SS que controla grande parte do país.

O seu líder, Gábor Vona, afirmou: "somos o partido nacionalista radical mais forte da UE". 

Depois de França, agora a Hungria, sem esquecer a Ucrânia, Bielorrússia, Bulgária, Áustria. O que mais nos irá acontecer.

Sem comentários: