a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

26 de fevereiro de 2015

A SAGA GENOCIDA CONTINUA


Estava morto numa maca no corredor da Urgência de Aveiro.
Um homem de 77 anos foi, esta terça-feira, encontrado morto na Urgência do Hospital de Aveiro, por familiares de outros doentes.
Apesar da solidariedade que devemos ter para com o povo grego na sua luta contra o capitalismo vs Eurogrupo vs Schäuble vs Coelho e Albuquerque e restante quadrilha, não nos podemos distrair, pelo rectângulo o genocídio continua bem firme e hirto. Mais um homicídio às mãos do homem da Médis e restantes salafrários governamentais.
Uma pergunta eu faço: Por que razão estas mortes estranhas não ocorrem nos hospitais dos ricos (vulgo privados)?

Sem comentários: