a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

20 de agosto de 2008

ISRAEL E A SUA PARANÓIA

Image and video hosting by TinyPic

Com a autêntica paranóia que se instalou nas mentes de alguns em relação ao “terrorismo”, a embaixada de Israel em Lisboa, com a complacência (segundo eles) das autoridades nomeadamente da C.M. Lisboa e PSP, instalarem junto às suas instalações um autêntico bunker, onde nem os próprios moradores das imediações tem direito à livre circulação (consignada na constituição da República Portuguesa), e onde também são sistematicamente importunados pelos “gorilas” que prestam segurança à dita embaixada.

Porra, nem em nossa casa mandamos?

Nem no nosso quintal podemos estar à vontade?

A ser verdade, as culpas vão inteiras para quem ordenou tais medidas (se é que alguém as pediu) neste caso a Câmara de Lisboa e a P.S.P..

Num País a sério com mandantes a condizer, estes sr’s nunca poderiam ser beneficiados, pois estão em causa Direitos dos Portugueses.

Já agora, porque não cedem/vendem a Praça do Comércio aos tipos?

8 comentários:

CRN disse...

Com cancelas!
Os sionistas têm mundo na mão e Portugal, com a treta de governantes que tem, não é mais que uma puta barata!

Cumprimentos.

quink644 disse...

Não, no meu entender deviam era ir para a margem sul... como é deserto sentiam-se em casa e já não chateavam ninguém...
Um abraço

Marreta disse...

Margem sul o caraças, que o terrorismo está todo deste lado. Ontem roubaram-me o carro, hoje afanaram uma carrinha de valores na A2, assaltaram uma ourivesaria em Setúbal, e atiraram um balázio com uma caçadeira de canos cerrados numa estação de serviço na Via Rápida da Costa de Caparica!
Isto está a precisar é de brigadas populares ou de milícias armadas (não confundir com o Padre Milícias...).
Saudações de Colt na mão do Marreta.

Zorze disse...

Pude constatar o que dizes, pois trabalhei à uns 11/12 anos ao pé da embaixada de Israel. Havia dias para almoçar no restaurante onde íamos todos os dias (bons grelhados e barato) tinhamos que dar uma volta do caraças por causa de suas excelências.
Não confundir sionismo com o povo de Israel. O sionismo é uma espécie de seita satânica. São perigosos e mais não digo.

Abraço,
Zorze

Anónimo disse...

Tás a falar a sério? Passei para te deixar um abraço e mta saudade, e fiquei siderada! É claro que não se podia esperar menos do Ferroadas! Beijão da Fernanda (apenasmaria)

Pata Negra disse...

Mas porque é que a embaixada de Israel não é nas Berlengas!?
Um abraço judeu

Pata Negra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
samuel disse...

Somos um país de cócoras!

Obrigado pela presença na "festa de aniversário" :)

Abraço