a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

12 de janeiro de 2009

EU BOICOTO ISRAEL

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic
imagem net
.
Nesta luta desigual que o Povo palestiniano e o Mundo livre em geral trava contra o monstro sionista, só nos resta como solução BOICOTE TOTAL A TODOS OS PRODUTOS PROVENIENTES DE ISRAEL.
.

4 comentários:

Zorze disse...

Eu também boicoto, Ferroadas.

Sionistas criminosos!

Abraço,
Zorze

Julinho disse...

A política tem destas coisas, os americanos apoiaram os talibans contra os soviéticos, agora lutam contra eles, os israelitas apoiaram, armaram e ensinaram o Hamas contra o Esbolá, agora lutam contra eles, são as ironias da história, sempre aconteceu e sempre acontecerá.

mescalero disse...

O boicote é das formas de luta mais fortes de que dispomos no imediato.

Fausto disse...

O Bloco de Esquerda resolveu publicar uma notícia sobre Hugo Chavez e a aprovação pelo parlamento bolivariano duma emenda constitucional que permita a reeleição sem limite de mandatos não apenas para a Presidência da República Bolivariana, mas de vários titulares de cargos políticos como alcaides ou governadores, emenda essa que ainda terá de ser refendada pelo povo.
Pode ser consultada AQUI: http://www.esquerda.net/index.php?option=com_content&task=view&id=10395&Itemid=26

A notícia que o Bloco de Esquerda produz e que é tendenciosamente anti-Chavez, defindo o processo bolivariano com a expressão revolução socialista metida entre aspas, isto é: "revolução socialista". Está claro, porque da língua portuguesa, também percebo um pouco, como as aspas servem para perjorativamente darem a entender que, de socialista e de revolução, não há nada na venezuela. Se achassem que existisse, já não lhe punham "aspas", escreviam apenas revolução socialista.

Mal entendido ou teoria da conspiração? Infelizmente, a comprovar o mau juízo bloquista sobre a revolução bolivariana na Venezuela, está o eloquente facto de que, enquanto comentários pro-chavista à notícia foram censurados e excluídos, o Bloco de Esquerda, permite que um reaccionário comente:

"Que palhaçada! Oxalá o povo da Venezuela consiga correr com esse tirano!"...

Muito preocupado com a possível "reeleição ilimitada de Hugo Chavez" - como escrevem -cabe lembrar ao Bloco de Esquerda, que Francisco Louçã, Fernando Rosas, Miguel Portas ou Luís Fazenda (entre outros) têm concorrido ininterruptamente aos lugares de deputados desde 1999, exercendo os cargos e, provavelmente, virão ainda (e pelo menos) a concorrer em 2009 para se manterem reeleitos até 2013. É pena que, progressivamente, o BE esteja a saltar para a barricada daqueles que se opõem a Chavez e ao processo bolivariano.