a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

18 de agosto de 2010

ASSASSINATOS EM NOME DE QUEM?

Sim, no Afeganistão as mulheres são tão bonitas como noutros países, só que menos felizes. Recentemente uma jovem mulher afegã, 35 anos, viúva e grávida, de seu nome Bibi Sanubar, foi condenada à morte na província de Badghis. para além de a obrigarem a abortar, deferiram-lhe 200 chicotadas e para terminar a barbárie, três tiros na cabeça. Crime - Como viúva, o simples facto de estar grávida é considerado adultério. Que gente é esta? Que Deus têm estes tipos que tal barbaridade permite? Isto não são pessoas são aberrações e não me venham com a treta da cultura de um povo, isto é assassinato puro e duro, mais, é o desprezo por tudo o que de mais elementar tem uma sociedade, o direito à vida e há liberdade. Como lutador intransigente da liberdade, nunca poderei pactuar contra este tipo de genocídio.

Nota - A imagem não é de Bibi Sanubar mas sim de Sharbat Gula, jovem afegã de etnia pashtun, fotografada por Steve McCurry, capa da National Geographic Magazine em Junho de 1985

4 comentários:

Marreta disse...

Sim, por lá este tipo de acontecimentos, apedrejamentos e etc. são vulgares, mas não só, na Ásia, América do Sul e África "tradições" deste calibre continuam a acontecer em pleno século XXI.
Analisando bem a coisa, a Humanidade pouco ou nada evoluiu desde os primórdios.

Saudações do Marreta.

Kapikua disse...

partilho da tua opinião em absoluto bem como da conclusão do Marreta!

grande abraço

Pata Negra disse...

Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar!! Só um são relacionamento entre nações e culturas poderá levar à eliminação das barbaridades! Há por lá muita gente boa!

Um abraço de luto

Ferroadas disse...

Caros amigos

Realmente somos uma raça de merda, só sabemos fazer mal. Claro, quando mete inocentes fico passado, que culpa tem a senhora, viúva ainda por cima, de gostar dum gajo e querer ter um filho, que merda de cultura é esta? Quem "decreta!?!?!?!?!" que uma tipa não possa ter um filho de quem quiser? Que leis são estas? Onde está o alá que "escreveu" estas barbaridades? Sim amigos, onde está o sacana do tipo? Não me lixem, penso que tal gajo não existe, existe sim é ódio bárbaro na cabeça destes tipos, que a troco de uma religião (Islão), de um profeta (Maomé) e de uma "milenar cultura"sic, tudo lhes é permitido. Temos de ter coragem para denunciar estas e outras coisas, tal como denunciamos as barbaridades duma CIA, PIDE, Mossad, do Hitler, ou do Estaline.

Abraço a todos