a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

13 de dezembro de 2010

IDA À CASA DE BANHO, NUNCA

Este mundo anda maluco. Não é só por cá que estas coisas acontecem. Na liberal Noruega, país que alguns dão como exemplo de qualidade de vida, boas relações laborais, bons salários, enfim, boa vida, o que aconteceu então?

Um "empresário"  (pensavam que era só cá que existiam patos-bravos) lembrou-se de colocar nos pulsos das suas colaboradoras (sim, lá não há operárias) pulseiras vermelhas sempre que as ditas estejam com aquela coisa que as senhoras têm mensalmente, sim, isso mesmo a menstruação e isto para quê, para o patrão poder controlar quem está com a coisa (menstruação) e assim  poderem justificar as idas à casa-de-banho mais frequentes naquela altura.

Numa sondagem feita entretanto, 66% dos "empresários" noruegueses apoiam a medida.

Eu não vos disse que isto está tudo maluco?

Como é que o Belmiro, Jerónimo, Amorim e quejandos ainda não se lembraram de tal, será que estão menos exploradores? Ou estarão a preparar algo mais radical, sei lá,  tipo mulher nas nossas empresas não pode ter filhos, nem sequer casar ou namorar. Aliás Salazar (inspirador desta gente) fazia-o em relação por exemplo a enfermeiras e/ou hospedeiras da TAP. 

Pelo andar da carruagem, não tarda muito nem mijar se vai poder, em nome da "produtividade" temos de o fazer em casa ou na rua. 

Se isto não é exploração........

7 comentários:

Cirrus disse...

Só um aparte: mulher nas empresas portuguesas já não pode ter filhos, casar nunca e namorar pouco.

Zé Povinho disse...

A decadência da Europa social e a alienação dos governantes.
Abraço do Zé

Pata Negra disse...

Capem-se todas as mulheres para que não possam ter filhos? Ou apenas para que não vão ao WC?

Um abraço com cada vez mais dificuldade em segurar as águas

Ferroadas disse...

Isto realmente está no retrocesso, estamos a voltar ao século dezanove.

Kapikua disse...

os direitos e liberdades que custaram vidas e sacrifícios de muitos durante anos, a desaparecerem sob o olhar resignado da populaça...

Karocha disse...

Bom Natal Ferroadas!
Anda tudo maluco.
http://infamias-karocha.blogspot.com/

Pata Negra disse...

Amor e boas festas todo ano e pelo corpo todo!