a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

19 de julho de 2011

MACÁRIO É MAIS UM

O senhor da imagem é o protótipo do político profissional português, o que hoje é verdade, amanhã é mentira. Este tipo disse não há muito tempo que iria lutar com todas as suas forças para que não fossem cobradas portagens na A-22 mais conhecida por Via-do-Infante, era uma injustiça, iria agravar as condições de vida dos algarvios e do turismo. Agora, qual vira-casacas, vem afirmar o contrário, que devido à "crise" o país tem de fazer sacrifícios e a dita (crise) tem de ser paga por todos (sic). O melhor acrobata do Circo de Moscovo não conseguiria dar uma cambalhota destas. 

Depois, vem esta gente, armada em seriozinhos da silva, apelar ao voto e à participação popular, como podem estes tipos, quais vendedores de banha-da-cobra, pedir-nos algo. 

Que merda de gente é esta.

1 comentário:

Pata Negra disse...

O Macário, O Macário deu à língua,
Ai deu à lingua na baixa pu-lí-ti-ca:
toda a gente, toda a gente o percebeu,
ai percebeu, só o são Macário não,

Vou-me rir,
vou-me rir com o Macário,
com o Macário, por cima do alcatrão,

adeus ditos,
adeus ditos, adeus verdades,
adeus eleitores,
lá me fica a reacção.
(Este é de aqueles que acha que o país mudou porque o PS levou com um D no fim)
ai adeus amores,
lá me fica o coração.