a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

1 de julho de 2011

PASSOS VS PORTAS (PARTE 3)


Eles ai estão. Já se esperava que assim fosse, só os incautos acreditavam que não o fosse, eles avisaram, (vamos actuar para além da troika),  mesmo assim alguns foram no engodo, nas palavras "bonitas" que fazem chorar as pedras da calçada, nas promessas de potes cheios de ouro e mel, etc.
Em apenas duas semanas a realidade ai está, dura e crua, foi-se um pinóquio falante e aldrabão, veio um grilo falante, carregado de bonitas palavras, de ideologias ultra-liberais a roçar o populismo de extrema direita.
Quem votou nesta gente, deve sentir algum arrependimento, de Abril para Julho, Passos e companhia deram uma cambalhota de fazer inveja a um qualquer trapezista. Claro que as desculpas são sempre as mesmas, a crise, o défice, os compromissos com a Troika, o medo da Grécia, enfim, tretas capitalistas e neo-liberais que se aprendem em qualquer compêndio do século passado.

A recente medida (outras virão) de roubar 50% do 13º mês aos trabalhadores (a desculpa esfarrapada dada pelo Passos de que todos vão contribuir é areia para os nossos olhos), é uma das várias "medidas" da chamada "austeridade".  ISTO É UM ROUBO DESCARADO A QUEM TRABALHA.

1 comentário:

Zé Marreta disse...

O Povo é manso e já está habituado a ser roubado.