a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

15 de julho de 2011

PASSOS VS PORTAS (PARTE 4)

Nem um mês passa sobre a tomada de posse do governo Passos vs Portas e a saga continua, mais fome, desemprego, precariedade e perca de direitos. A medida de roubar metade do 13º mês aos trabalhadores e reformados, é, uma aberração de natureza fascista. As nacionalizações da TAP, ANA, EDP, REN, CP-Carga, CTT e PT, anunciadas ontem pelo sr. Vítor Gaspar, vão deixar empresas estratégicas e lucrativas nas mãos do capitalismo nacional e internacional, dando assim de mão-beijada e a preços da uva-mijona empresas que deveriam pertencer inteiramente ao Povo. Segundo o mesmo ministro o país só sairá da recessão em 2014, o desemprego vai aumentar até aos 16% , o poder de compra (poder de compra???) irá baixar a níveis dos anos cinquenta, os aumentos desmesurados dos bens de consumo irão atingir níveis nunca vistos, provocando assim fome generalizada entre a classe trabalhadora, reformados pobres, desempregados e precários. O SNS tal como o conhecemos vai desaparecer, dando lugar a sistemas de saúde privados, onde os mais desfavorecidos não terão capacidade financeira para os adquirir, sendo relegados para um sistema de misericórdias onde proliferará a caridade. A Segurança Social levará o mesmo caminho, será privatizada, entregue a seguradoras e há banca.  

Portugal, com o actual governo, está entregue a interesses obscuros de cariz ultra-liberal e de um conservadorismo atroz, onde as pessoas são meros números sem dignidade e objectivos,  pelo contrário, o capital e os interesses a ele inerentes vêm em primeiro lugar. E quando assim é.................

Sem comentários: