a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

7 de março de 2012

ÁLVARO, O MINISTRO SEM-PASTA

Como não existe ministro da economia não valeu a pena introduzir o que existe virtualmente no boneco. Pois é, o Álvaro, se tivesse um pouco, só um pouco de dignidade, mandava o Passos e o Gaspar dar um volta ao bilhar-grande e zarpava para o Canadá, donde nunca deveria ter saído.

Passos Coelho e nomeadamente um tal Relvas (o verdadeiro 1º ministro) juntamente com o Gaspar fizeram a folha ao Alvarito emigrante, este, tecnocrata inveterado e nada habituado às manobras mafiosas da classe político,  de super-ministro a ministro sem-pasta demorou apenas uns míseros 9 (NOVE) meses. 

2 comentários:

Zé Marreta disse...

Quando entrou já não havia "pasta", já estava teso.

Saudações!

Pata Negra disse...

Se o álvaro fôr ambora o governo melhora? se este governo cair o país melhora? se eu comer mais fruta emagreço? Não, camarada e amigo, isto só vai lá com vontade popular e essa é que faz falta!
Eu bem gesticúlo mas ninguém me incita nem ninguém me agarra!
Um abraço e worten sempre