a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

2 de março de 2012

QUEM TEM MEDO DO POVO

Foi assinado ontem em Bruxelas pela camarilha que governa Portugal o chamado "Pacto Orçamental", no qual os membros da UE se comprometem à chamada "regra de ouro", que os países devem inscrever "preferencialmente" na Constituição, embora o texto final agora aprovado admita a possibilidade de ficar consagrada de uma outra forma desde que com valor vinculativo e permanente, obriga cada Estado-membro subscritor do pacto a não ultrapassar um défice estrutural de 0,5 por cento e a ter uma dívida pública sempre abaixo dos 60 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).  A Inglaterra e a República Checa não subscreverem o mesmo e a Irlanda vai efectuar um referendo para ser o Povo a decidir.   

Parafraseando uma dupla de humoristas cá do burgo - E O POVO PÁ? 

Sim, e o Povo que tal como o irlandês não deveria ser ele a decidir se quer ou não quer o dito "pacto"?

Quem tem afinal medo do Povo?
Que democracia é esta?
Que raio de governo este que vai hipotecar (ainda mais) o nosso presente e o futuro dos nossos filhos e netos, só porque a tal Merkel assim o determina?

Já não é chagada a hora de finalmente nos deixarmos de retórica a passarmos à acção efectiva?

Vamos a isso camaradas.  

1 comentário:

Zé Marreta disse...

É a democracia do papelinho. Uma falsa democracia que usa e abusa da ingenuidade popular.

Saudações!