a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

14 de junho de 2012

GRAÇA SEM GRAÇA NENHUMA

O eunuco da imagem que acode pelo nome de Graça Moura, em artigo publicado no DN, vem dizer estas alarvidades em relação aos espectadores do Rock-in-Rio:
 
"...são criaturas com mais ou menos piercings e mais ou menos tatuagens...." rematando de seguida - "...e pelo aspecto, muitos deles integram as hordas de indignados que aparecem por ai noutras ocasiões...".
 
Quer dizer: no pensamento deste gajo, os jovens e não só que assistem a este tipo de eventos, são uns vadiolas do caraças, uns delinquentes e uns tipos que não prestam para nada. Este Graça Moura realmente não me mete graça, mete-me sim dó e nojo. São tipos destes que fazem o actual sistema ser tão diabólico e bárbaro, ser tão intolerante a roçar o fascisoide. Gente desta são escarros, não prestam. Como diz um amigo, - ó pá, manda-os à merda.

Sem comentários: