a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

24 de julho de 2012

REFORMA AOS 50 ANOS, QUEM NÃO QUER?


Que Portugal é um país a saque já sabíamos, que as desigualdades entre cidadãos são regra também, que a classe política tem um rol de regalias que mais ninguém tem também é verdade, finalmente, que há na política grandes sacanas, oportunistas, alguns até vigaristas que se refugiam na mesma para daí tirarem benefícios pessoais também.

O personagem da imagem cabe na maioria dos adjectivos atrás referidos. Tem CINQUENTA ANOS de idade, VER AQUI, e ao abrigo de uma lei de RAMALHO EANES, tem direito a uma reforma vitalícia (eles chamam-lhe subvenção) de 2.800 €uros. 

Que moral tem esta gente de nos vir pedir sacrifícios?
Como pode esta gente viver de consciência tranquila ao saber que "lá fora", na valeta, vivem 2 MILHÕES de portugueses com fome? 
Como pode esta gente estar bem consigo mesma quando um qualquer cidadão só se reforma aos 65 anos e eles que nunca fizeram nada de útil na vida se reformam com menos de cinquenta anos? 
 
Não me alongo nos comentários pois teria de ser (mais) deselegante e arriscava um qualquer processo por difamação.

Mas não é só ele, alguns acumulam esta subvenção com ordenados principescos no sector privado.
Assunção Esteves, Armando Vara, Jorge Coelho, António Vitorino, Duarte Lima, Dias Loureiro, Ferreira do Amaral, Ângelo Correia, só para referir os mais mediáticos. 

MAIS AQUI

1 comentário:

Zé Marreta disse...

Quanto a reformas, li para aí algures que um tal Vítor Baía de 38 anos de idade, acaba de pedir a reforma vitalícia a que tem direito no valor de 12000 e tal euros/mês.

Saudações!