a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

19 de outubro de 2012

O EXEMPLO ISLANDÊS

Numa altura em que os portugueses se batem contra poderosos inimigos, a saber - governantes, capitalistas e genocidas vários, da Islândia chegam-nos notícias via-internet, pois os mídia por cá tentam censurá-las, de como se pode governar um país.

Depois de vários agiotas da banca internacional e não só, tentarem vergar aquele país como o têm feito por cá, o Povo islandês deu e continua a dar uma enorme lição ao mundo.

Em Portugal, governantes e pró-governantes, comentadores e analistas vários pró-sistema,  fanáticos pró-Passos Coelho/Gaspar/Cavaco, etc., afirmam que NÃO EXISTE ALTERNATIVA, temos de CUMPRIR os "nossos" compromissos, NÃO VAMOS PEDIR MAIS TEMPO NEM DINHEIRO (Passos Coelho), ou ACEITAM ESTE ORÇAMENTO OU SERÁ O DESCALABRO (Gaspar) e outras palermices várias.

Afinal sim, existem alternativas e muitas, basta para tal querer-mos.

A Islândia para além de ser o país europeu que mais vai crescer em 2012 (2%), é o único onde o desemprego caiu abruptamente, de 12% para 5%.    

O governo caiu e o primeiro-ministro de então começou a ser julgado por negligência na gestão da crise. Os contribuintes recusaram pagar a factura dos bancos. Resultado? Menos de quatro anos depois, a Islândia volta a ser notícia por motivos diferentes. A crise parece já um pesadelo passado.

Esses senhores que dizem que não há alternativas, metam a viola no saco e emigrem. 

1 comentário:

Pata Negra disse...

Para os senhores dos media, apenas interessam as notícias da Grécia, como ameaça para os que no pode acontecer se não fizermos aquilo que nos mandam, mesmo sabendo que aquilo que nos mandam é o mesmo que mandaram fazer à Grécia. Também não é notícia que o Chipre, umbilicalmente exposto a crise grega, ainda não pediu resgate porque conseguiu dinheiro da Rússia a 3%, sem troikinices, e que até ao momento se tem aguentado.
Eles têm os grandes meios de comunicação social, nós temos a blogosfera!
Um abraço blogosférico