a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

7 de outubro de 2013

ESPANTAR A CAÇA


Marques Mendes no seu habitual e bem pago comentário na SIC, presenteou-nos com esta pérola "para não espantar a caça", referindo-se ao fecho de 50% das repartições de finanças anunciado pelo governo a mando da Troika na semana passada e não na anterior devido às eleições autárquicas do dia 29 de Setembro.

A coisa nem teria da minha parte grande impacto, todos sabemos o que esta canalha está a fazer ao país e o Povo, o que me leva a presentear Marques Mendes com este post é a "subtileza" da frase, a ordinarice da mesma, ou seja, o cidadão é tratado como animal que é caçado ou não, consoante as medidas más ou menos más do governo. 

A frase encerra em si um tremendo desrespeito pelo cidadão, comparando-o a carne para canhão, sem interesse nenhum e que anda ao corrente das "medidas" que o/os governos executem ou venham a executar. 

Quer dizer, se esta medida (ou outras que se avizinham) fossem anunciadas ANTES de 29 de Setembro o TOMBO do PSD seria maior e teria inevitavelmente provocado maiores estragos, assim - a "caça" não se espantou muito.

É esta a forma destes bandidos (TODOS)  fazerem política. 

Puta que os pariu.

Sem comentários: