a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

18 de junho de 2015

MUROS E VERGONHAS, OU A HIPOCRISIA DO PENSAMENTO LIBERAL-FASCISTA


O governo fascista da Hungria que até faz parte da "democrática" UE, vai erguer um MURO (157 Km) na sua fronteira com a Sérvia, já a "democrática" Bulgária (que também pertence à UE) o fez na sua fronteira com a Turquia, numa primeira fase com 32 Km de extinção, estando em construção os restantes. Também existe um entre a Grécia e a Turquia (ao longo do Rio Evros) com cerca de 10 Km.
Quando os liberais-fascistas de braguilha, chamam a esta UE de democrática, gostaria que fossem confrontados com estas ( e as que a seguir virão) barbaridades, aliás, na linha de outros MUROS (Israel vs Palestina, USA´s vs México, Ceuta vs Melilla, Coreia Norte vs Coreia do Sul.
Tão críticos foram e com razão, do Muro de Berlim, agora, todos estes são "legítimos", dizem eles que são para travar o fluxo de emigrantes (sic) e do terrorismo (sic). Como se "isto" fosse resolvido com muros. Eu chamar-lhe-ia, HIPOCRISIA FASCISOIDE.

1 comentário:

Anónimo disse...

a siria, o iraque e a eritreia são muito democraticos não são?