a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

18 de julho de 2015

18 DE JULHO DE 1939


Começava a guerra-civil espanhola, duraria até 1 de Abril de 1939 e seria o ensaio-geral para a II guerra mundial que começaria com a invasão da Polónia pela ALEMANHA nazi em 1 de Setembro de 1939.
500 MIL mortos depois, vencia o nazi-fascismo de Franco, sempre apoiado por Hitler, Mussolini e Salazar.
Hoje, é a Alemanha que continua no centro de TODAS as crises, é ela que manda, que orienta, que impõe, que invade. A Europa (leia-se UE/Euro) obedece a Berlim e tal como há 79 anos, todos lhe prestam vassalagem. Se antes "mandavam" os tanques, hoje manda o poderio do dinheiro, em ambos os casos as pessoas não contam, nunca contaram.
Esta Europa (UE/Euro), está moribunda e caminha para o abismo social e político. Com o aparecimento dos novos nazis, o asfixiamento dos Povos e até, imagine-se, a construção de novos MUROS, tudo com a complacência hipócrita das chamadas "democracias", a Europa, será dentro de muito pouco tempo palco de uma nova guerra.
Até lá, vamos assistindo impávidos e (sempre) serenos a tudo isto, sem UMA única solução que defenda de forma efectiva os povos da catástrofe que se avizinha.

Sem comentários: