a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

6 de setembro de 2017

Cavaco Silva, esse imbecíl

Pensava que nunca mais iria escrever algo sobre a sinistra figura, mas não podia deixar passar as alarvidades que vomitou um dia destes na incubadora do PSD em Castelo de Vide. 
Cavaco Silva foi o político que esteve mais tempo no poder, só ultrapassado por esse outro "educador" da estrema-direita João Jardim. Cavaco foi também o pior dirigente político que Portugal teve pós-25 de Abril, mesmo aos seus apaniguados o tipo não deixa saudades, salvo a meia-dúzia de lambe-botas reaccionários com Passos à cabeça. 
Cavaco personifica o pró-fascista institucional, ou seja, era um óptimo substituto de Salazar, é um tipo sem escrúpulos, teimoso, sisudo, indecoroso, raivoso, impopular, etc., para alem de ter aquele tique fascisoide que tão bem o caracteriza. E tem para mim o pior defeito de todos - tem a mania que é sério e só ele é que sabe. 
Para Cavaco, os outros são seres inferiores e ignorantes, salvo um pequeno número de burgueses que o rodeiam e idolatram. 
Cavaco será sempre recordado pela sua imbecilidade, para além de nunca compreender o Povo, mesmo os que nele acreditaram. 

Sem comentários: