a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

10 de fevereiro de 2006

APITO DOURADO (O QUE EU ESCUTEI)

!!!!!Conversas em família!!!!!
Valentim para P.Costa -
"...então ó Costa aquelas gajas que lhe mandei pró árbitro de domingo, portaram-se bem...?"
P.Costa -
"...se portaram bem não sei, o que sei é que o jogo estava-nos a correr mal e o tipo lá arranjou o penalty do costume, mas digo-lhe o tipo não ía muito satisfeito, na próxima temos de lhe untar as mãos..."
Valentim -
"...bem isso é lá consigo, eu penso que lhe ficava mais em conta se lhe oferecesse uma viagem ao Brasil..."
P.Costa -
"...porra major com tanta viagem, já é tempo de abrir-mos uma agência a mielas, sempre não perdia-mos tudo..."
Valentim -
"...já agora, o meu rapaz precisa de falar com o Adriano, é pá é aquele sacana daquele árbitro que não gosta destas merdas (de ser corrupto, n.r.) , mas o moço é tímido e tem vergonha de falar, o amigo Costa podia dar o jeitinho e metia uma cunha ao Adriano para interceder junto do C.A. para não nomear esse pulha para jogos do puto, sabe como é se não vai à UEFA é uma chatice..."
P.Costa -
"...tudo bem, mas quanto é que toca, você sabe que os tipos do C.A. não ""trabalham"" de borla e o Adriano também tem uma famíla para sustentar, sabe como é"...
Valentim -
"...não pode ser uns fios de ouro, umas filigranas ou outra merda parecida, é que isto também está a ficar escasso de massa..."
P.Costa -
"...ó Valentim não me fôda, os tipos já não querem essas merdas, querem é "massa"..."
Valentim -
"...vamos ver o que se pode arranjar..."
P.Costa -
"...mudando de assunto, então os gajos (Ministério Público, n.r.) estão-nos a ir ao traseiro..."
Valentim -
"...está com medo?"
P.Costa -
"...com medo, medo não estou, mas que estou a ficar receoso lá isso estou, você já viu se tenho o azar de ir dentro, quem me fode depois a mulher?"
Valentim -
"...se o medo é esse não tenha problema, ainda tenho força para ela, nem que tenha que recorrer ao viagra..."
P.Costa -
"...a conversa já está a cheira mal, vamos mudar de assunto..."
Valentim -
"...você é que veio com a conversa..."
P.Costa -
"...pronto, sou sempre eu..."
Valentim -
"...pois foi, e escusa de por o rabinho de fora, se eu for dentro vai você e muitos mais, só que nem vai você nem eu nem ninguém, os gajos não nos podem pegar, afinal sempre prestámos um serviço público, enquanto o pagode está entretido com a bola, e estas merdas, não pensa na fome que tem, no desemprego e na crise..."
P.Costa -
"...mesmo assim nunca fiando..."
Valentim -
"...você é um medroso do caraças..."
P.Costa -
"...bem, medroso ou não veja lá no que vai dizer aos tipos..."
Valentim -
"...tá bem..., bem vou desligar, apesar de não ser eu a pagar o télélé, há que ter um mínimo de consideração pelo pagode que o paga..."
P.Costa-
"...essa da consideração é uma boa piada, vindo da sua boca, dá-me vontade de chorar..."
Entretanto o Telemóvel ficou sem bateria e a conversa acabou.
Vamos esperar por outras.

4 comentários:

Miguel disse...

Ah Pois é ...

Grandes escutas!!

Obrigado pelo selo original e link d´A Minha Matilde!

Miguel

Daniel Malafaia disse...

EHhehe muito bem feito :D

paulo sousa disse...

Já agora não tenhem as escutas para o GRANDIOSO F.C.PORTO daquela altura em que ganhamos a uefa e liga dos campeões!!!Grandes invejosos

Anónimo disse...

tem vergonha filho da puta deves ser mouro ou tens dor de corno a tua mae mais valia ter feito uma bola de queijo com o esperma do teu velho vai levar nele que e a tua vocaçao