a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

22 de outubro de 2007

MENEZES O SALOIO


Com Menezes na penumbra e Santana na ribalta, o novo “líder” do PSD vai ver-se “grego” para “amansar” o verdadeiro mandante do partido, ou seja o ex. Primeiro-ministro. Para mais o partido virou à direita e de que maneira.

Para já, Menezes começa a dar um ar da sua (do grande capital) graça, ao afirmar que a actual constituição é para acabar!!!! E substituir por outra!!!! (ainda) mais de acordo com a exploração. O tribunal constitucional é um órgão que não serve para nada, por isso também é de acordo que acabe. A água caso ele venha a ser 1º ministro (o que será impensável) é para privatizar. Já agora, o Sr. Menezes não acha bem privatizar também os cemitérios, os urinóis públicos, as praias (já faltou mais), os jardins, eu sei lá que mais, olhe não esqueça os parques infantis também.

Para além disto o Sr. Menezes apenas disse vulgaridades e frases sem sentido, o que demonstra a falta de políticos capazes e prontos para assumir a governação, a direita não tem ninguém capaz. Quanto a mim este Menezes é igual ou pior que o seu “amigo” Santana, não tem ideias próprias, refugia-se em frases feitas e gastas, e não domina os dossiers com clareza. Teremos Sócrates por muitos e maus anos. A não ser que……

2 comentários:

Jorge Borges disse...

Caro Dias,
Não há dúvidas de que o Menezes não tem capacidade para liderar a oposição a este governo socialista-fascista do Sócrates. Aquilo que diz é vazio de sentido e, para mais, irrealista. Mudar a Constituição?! Mas isso só com uma revolução!
Nem ele nem o Santana são políticos que, como referes muito bem, dominem os dossiers. Do que gostam é de demagogia e isso já não funciona com o povo.
Lamentável, porque lá continuará o Sócrates a massacrar-nos...
Um abraço solidário

Luis Bastos disse...

O que me admira é ainda haver pachorra para ouvir estes sacanas.