a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

27 de março de 2008

O BODO DOS RICOS

Image and video hosting by TinyPic
Por mim podem meter o 1% no rabo.

Vamos a contas.

Um reformado que gaste mensalmente 100,00€ em “alimentação” beneficia com o abaixamento do IVA – 1,00€ (UM EURO)

Um gajo rico que gaste 1.000,00€ “poupa” – 10,00€

Um carro gama baixa custa +/- 15.000,00€ - “poupo” – 150,00€

Um gajo rico compra um carro topo de gama +/- 150.000,00€ - “poupa” – 1.500,00€

Afinal quem beneficia com o “negócio”.

Para quando o IVA 0 (ZERO) para os produtos de primeira necessidade

Para quando um imposto especial sobre as grandes fortunas

Para quando as transacções bolsistas pagarem impostos

Para quando o fim da offshore da Ilha da Madeira

Para quando o aumento da taxa de IRC para a banca

PARA QUANDO UM PORTUGAL LIVRE DE CAPITALISTAS, CORRUPTOS E OPORTUNISTAS


-----------------------------------------------------------------------------------
De um amigo recebi por e-mail este texto que me parece pertinente.

Rico com uniforme: Coronel

Pobre com uniforme: Carregador de malas

Rico com pistola: Precavido

Pobre com pistola: Assaltante

Rico com unhas pintadas: Play Boy

Pobre com unhas pintadas: Maricas

Rico com maleta: Executivo

Pobre com maleta: Traficante

Rico com chofer: Milionário

Pobre com chofer: Preso

Rico com sandálias: Turista

Pobre com sandálias: Pedinte

Rico que come muito: Alimenta-se bem

Pobre que come muito: Morto de fome

Rico jogando bilhar: Elegante

Pobre jogando bilhar: Viciado

Rico lendo jornal: Intelectual

Pobre lendo jornal: Desempregado

Rico a coçar-se: Alérgico

Pobre a coçar-se: Sarnento

Rico correndo: Desportista

Pobre correndo: Ladrão

Rico vestido de branco: Doutor

Pobre vestido de branco: Sorveteiro

Rico na casa de alterne: À procura de prazer

Pobre na casa de alterne: À procura de esposa

7 comentários:

Marreta disse...

1%! Ah! São mais uns votinhos na alcofa. Só isso.
... quando se embebeda o pobre dizem "olha o borrachão", quando se emborracha o rico acham graça ao figurão.
Saudações do Marreta.

P.S. (salvo seja): A III Grande Farra está em grande. Cá para mim vais ter que reservar outra sala.

Watchdog disse...

http://agenda-watchdog.blogspot.com/

(ou no fim do "The Watchdog", antes do meu perfil).

1 Abraço!

Mariazinha disse...

Não podia estar mais de acordo,se te deres ao trabalho vê o critério usado para bens de 1º necessidade:

-Sabias que a Coca-Cola beneficia de uma taxa reduzida de IVA de 5% mas os produtos de higiene, como papel higiénico, pagam a taxa normal de 21%? ...
Limpar o rabo é um luxo!!!

Beijokas

Pata Negra disse...

Então mas isso está muito bem cantado pelo o Ary Toledo - o Rico e o Pobre - procura no Youtube ou então também podes ver Rei dos leittões num post recente!
Um abraço

Marreta disse...

Então camarada? Vamos ao Coliseu, ou não?
O Marreta e respectiva delegação vão marcar presença.
Saudações do Marreta.

Savonarola disse...

Também acho que o dito cujo é o melhor sítio para enfiar com o 1%! Está muito bem visto, companheiro, que quem vai ganhar com esta percentagenzinha são as empresas e os ricalhaços. E quanto maiores e mais volume de negócios tiverem, mais ganham.
Agora, só me pergunto: afinal de que lado é que está este poder? Do capitalismo neoliberal, claro!
Um abraço anarquista

Lola Chupa y Mete disse...

Não te trates, não. O capitalismo desliza-me todas as noites pelo rego dos silicones, quanto mais zeros, mais os bicos tremem...