a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

1 de junho de 2008

ESTADO DÁ AOS RICOS E TIRA AOS POBRES

Image and video hosting by TinyPic
QUE TIPO DE GENTE É ESTA

A portaria n.º117-A, de 8 de Fevereiro, que regulamenta e fixa as isenções e taxas reduzidas do ISP (imposto sobre produtos petrolíferos e energéticos) previstas no Código dos Impostos Especiais de Consumo. No diploma admite-se a isenção de ISP a embarcações utilizadas na navegação comercial, designadamente na marítimo-turística. Assim sendo, veleiros, iates, catamarãs e outras embarcações ligadas à actividade turística estão autorizadas a abastecer-se com o chamado «gasóleo verde» (colorido e marcado), substancialmente mais barato que o gasóleo «normal» ou a gasolina.

Quer dizer que no presente diploma os iates de luxo dos grandes capitalistas mundiais, vem, a partir de agora, abastecer em Portugal. Pois é bastante fácil transformar um iate privado em paquete turístico, basta ir a um qualquer “paraíso” fiscal a troco duns míseros tostões.

Entretanto o Sócrates e o ministro!!!!!!!! Jaime Silva afirmam que não vão ceder aos pescadores para alterar o ISP ou subsidiar o gasóleo.

Enquanto isso, já temos agricultores a voltar ao velho charrueco puxado a junta de bois ou em alguns casos à velha mas sempre fiel mula. Pois, também aqui, o intermediário capitalista é que ganha com o negócio.

Que grande sacanice, que pulhice, que aldrabice, que gente é esta que se abre que nem rosa em primavera a ricalhaços, capitalistas e afins, e tem entre “paredes” concidadãos a passar fome. Que tipo de gente é esta.

11 comentários:

Mariazinha disse...

Olá Jota!

Tambem acho bastante estranho o combustível ser ao mesmo preço para as embarcações de luxo. Depois lembrei-me quem faz as leis e para quem...
Uma beijoka e boa semana

ferrão disse...

Aparece para darmos uma ferroadas a esta cambada de mamões que por profileram a chupar o sangue da carneirada.

htp://estoufartodestamerda.blogspot.com

Marreta disse...

Como diz a Mariazinha, o objectivo está bem traçado nas cabecinhas deles.
Os desgraçados que vão abastecer a Espanha ou andem de mula (que também já está em vias de extinção por cá).
Fazendo um trocadilho com um filme recente, diria que este país não é para pobres.
Saudações engasolinadas do Marreta.

Estafermococus disse...

Eu não me admiro por isto, nada de novo, infelizmente.

Zorze disse...

É o baixar das calças do poder político ao poder económico.
"Pronto, todo lá dentro" já dizia o outro há uns anos.

Abraço,
Zorze

Rui disse...

Há-de chegar o dia em que excluídos, sem abrigo, famintos, etc., tomem conta desses barcos, desses condomínios, desses solares, até das mulheres e filhas dessa gente poderosa, para se vingarem da exploração, da subjugação e da crueldade em que se encontram.

Rui

Ana Camarra disse...

Que especie de gente é esta perguntas tu, é a mesma do costume:
-Que invadem o Iraque e roubam as obras de arte da antiga Babilónia para as suas colecções privadas.
-Que arrancam as unhas a Victor Jara e obrigam-no a cantar num estádio de chilenos condenados á morte.
-Que lideravam a Inquisição.
-Que tem sempre como objectivo por a pata no pescoço do seu semelhante.

Como dizia a minha avó é gente que nem interessa ao menino Jesus (parece que o menino Jesus se interessava por toda a especie de gente).

Olha pensando bem não são gente, são assim uns coisos...

samuel disse...

Ferroadas

Que falta de atenção, amigo! Então não se está mesmo a ver? O turismo é bom, tem bom aspecto... já levaste com o pivete dum barco de pesca? Querem andar para aí a cheirar mal... paguem!!!

Pata Negra disse...

É a imagem do país que está em causa. É o interesse turístico que está em causa. Esses barcos são necessários para enfeitar os portos e a costa. Que graça tem o mar sem barcos? Os barcos de pesca tem um aspecto decadente, é preciso abatê-los! Sugiro até que se façam modelos de esferovite só para enfeitar!
Um abraço do mar salgado com lágrimas

Paulo Vilmar disse...

Ferroadas!
Infelizmente estas coisas estão tão presentes no dia a dia que não causam mais espanto! Aqui, o óleo diesel é subsidiado, pois não temos hidrovias nem longas ferrovias, transportamos tudo, neste país imenso, em caminhões! Acontece, que Diesel também é o combustível das grandes camionetes ( Algumas ao preço de 250 mil euros), muito usadas aqui, como forma de "status", ou seja enquanto para meu automóvel, pago em torno de 1 euro o litro da gasolina, os ricos pagam
0,50 euros o litro do diesel! Isto que o Brasil é auto suficiente em petróleo.
Abraços!

Banzai disse...

Mas é de reparar que agora quer aplicar a intitulada Taxa Robin dos Bosques! Como se pode ser tão hipócrita...