a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista

3 de agosto de 2010

PARA A PESCA DE GAMBOZINOS

Finalmente começamos a ser um país moderno, evoluído,  na senda do progresso, enfim, o melhor entre os melhores. Finalmente chegou o Tridente, sim, foi este o nome escolhido para baptizar o submarino que vai tirar o país da crise, da fome, acabar com os desempregados e precários e finalmente, a sopa chegará a todos os lares. 
Esta autêntica peça de matar será o primeiro de dois e, quando chegar o irmão gémeo, ai sim, será o final de todos os nossos males. Tubarões, baleias, espadartes, carapaus, peixes-espadas e afins, por esses mares nunca dantes navegados, serão um maná para tais instrumentos, a pirataria, os traficantes de droga, os clandestinos que se ponham a pau, a partir de agora Portugal será intransponível.

Agora mais a sério.

Será que esta gente (digo governantes) estão no seu perfeito juízo?

E não me venham com a aquela de "temos de cumprir com os nossos compromissos", pois vindo desta gente é para rir, todos sabemos que ninguém cumpre os compromissos que promete, porque não dizem antes, "houve muita gente -importante- a ganhar uns cobres com o negócio e não os podemos meter ao barulho", ou "se não recebermos os ditos os alemães fecham-nos a torneira", ou "que querem, os almirantes têm de ter um brinquedo destes para se entreterem", ou.......

Desgraçado país que tal gente (políticos) tem, onde o Povo passa fome, onde lhe é pedido sacrifícios de toda a ordem, para depois esbanjarem milhões em merdas sem interesse nenhum. 

O brinquedo em causa vai-nos custar MIL MILHÕES de €uros, 0,6% do PIB (produto interno bruto).

2 comentários:

Kapikua disse...

também opino hoje sobre esta fantochada!
só não consegui falar a sério sob pena de vomitar!

Grande abraço

Pata Negra disse...

Amigo e camarada
Para a guerra do futuro eles só não compram arcos e flechas porque são demasiado baratos. Submarinos? Para quê? E, no entanto, PS(D)! PS(D)! PS(D)!PS(D)!
Heróis do mar! Viva o povo português!
Um abraço de águas profundas