a humanidade só será LIVRE, quando o último corrupto for enforcado nas tripas do derradeiro capitalista
a desobediência é a verdadeira base da liberdade, os obedientes são necessariamente escravos

29 de janeiro de 2008

ADEUS GRELHADOS

Image and video hosting by TinyPic
Pois é.

Não falta muito para nos tirarem o gostinho da sardinha assada na brasa, da bifana, do courato ou até da inter-meada, e a castanha assada tal como a conhecemos tem os dias contados.

Aqueles sabores bem portugueses, enraizados na nossa cultura (quem não gosta duma bifana grelhada num bidão cortado ao meio cheio de carvão ou lenha de azinho bem fumegante quando vamos a uma qualquer feira ou romaria?) Só os sr’s da ASAE e quem manda neles não gostam.

Já se fala até, que o nosso queijo da serra feito artesanalmente vai acabar, aquelas mãos delicadas e belas que o fabricava vão deixar de o fazer. Os tipos querem tudo industrializado.

A GASTRONOMIA DO POVO NUNCA MAIS SERÁ COMO DANTES

Se quiseres comer um carapau grelhado, uma sardinha, uma boa febra na brasa, só tens um remédio COME EM CASA. Ou então vai ao Ritz.

5 comentários:

Mariazinha disse...

Olá Jota!

Se não nos apressarmos até o tal leitão não passará de uma miragem.

Beijocas

JDias disse...

Se calhar temos de fazer um pic-nic numa mata qualquer por aí.

BJS

samuel disse...

Alguns dos melhores leitões do planeta falecem e são assados no Vidal (espero que ainda exista!) perto de Águeda e a coisa dá-se exactamente no meio de uma mata...

Pata Negra disse...

Comer bem vai passar a ser um acto clandestino? Atão como atão passemos por inteiro à clandestinidade: a luta continua!
Um abraço com bom toucinho assado

Márinho disse...

O que está por detraz de tudo isto são as multinacionais de comida de plástico. Está na cara, não precisas de muito esforço para ver. Por este andar nem um pic-nic bem à portuguesa podemos fazer. Que saudades vou ter daquele tempo em que se levava um belo lanche para a praia e à beira-mar, comia-se, bebia-se, brincava-se, agora acabou.

Grelhados só na varanda se o vizinho de cima deixar.